Um grande professor transforma uma vida

por: Entretanto

Michael DeStefano descreve seus anos de ensino médio em uma palavra: “tumultuados”.

 

Depois de ter um mau desempenho em uma escola pública, ele passou por algumas escolas mais até ser retido no nono ano do ensino fundamental.

 

“Eu era um estudante apático, tinha dificuldades em focar e não fazia esforço para ser bem-sucedido nas tarefas”, diz ele.

 

Foi então que ele conheceu o Sr. Howland, um professor que fazia mais do que se conectar com seus alunos. E isso fez toda a diferença: “Pela primeira vez, senti que eu tinha um futuro brilhante”.

 

Um professor, um mentor

 

Sr. Howland era mais do que apenas o professor de Michael – ele tornou-se seu mentor.

 

“Ele morava no mesmo bairro que eu, e suas lições realmente repercutiam em minha vida”, diz Michael.

 

Muitas, das mais valiosas lições do Sr. Howland não tinham nada a ver com aulas: “Ele nos ensinou sobre finanças, hipotecas residenciais e crédito. Senti que ele realmente se importava com o nosso sucesso – e não apenas dentro da sala de aula”.

 

Com o apoio do Sr. Holland, Michael começou a trilhar um novo caminho para o ensino superior.

 

Virando uma página

 

Após sua graduação no ensino médio, Michael morou na casa de seus pais e trabalhou em vários empregos para poder cursar uma faculdade.

 

“A renda da família era pouca, então entreguei pizzas, fiz café e abasteci prateleiras – sempre guardando meu salário na íntegra”, ele diz. Um ano mais tarde, ele conseguiu se matricular em uma faculdade da comunidade local.

 

“Eu estava tão animado com o primeiro dia de aula, era como se eu estivesse indo para um jogo quando criança”.

 

Foi um momento de descoberta!

 

“Eu senti como se eu estivesse virando uma página na minha vida”, diz ele. “Então, percebi o quanto compensa trabalhar duro”.

 

+ Leia mais: Professores empreendedores!

 

++ Assista: Vale a pena ser professor universitário?

 

Uma experiência inestimável

 

Durante a faculdade, Michael conseguiu um estágio na Pearson através de uma iniciativa de tutoria estudantil chamada: ‘Aprenda e ganhe’. Ele auxiliou os gerentes de projeto no escritório, ajudou na preparação de reuniões e até realizou pesquisas: “Foi uma experiência formativa para mim”, diz Michael. “O discernimento profissional que ganhei foi inestimável”.

 

Ampliar o que funciona

 

Como estagiário, Michael pensou também em maneiras de capacitar mais alunos de faculdades comunitárias — que viviam em situações econômicas como a dele.

 

“Acho que é preciso acontecer uma mudança na abordagem para a faculdade comunitária. As salas de aula não podem ensinar tudo – e os alunos precisam de mais oportunidades para desenvolverem habilidades interpessoais e técnicas”, diz.

 

Michael também reforça que expandir programas de tutoria de alunos é uma outra ótima forma de promover esta mudança.

 

“O estágio e a observação de percursos profissionais me prepararam para fazer sucesso no mercado de trabalho”. Espero que, no futuro, os alunos universitários da comunidade tenham mais oportunidades para colherem esses benefícios”, ele diz.

 

Nunca é tarde demais

 

No semestre passado, Michael obteve seu diploma de associado.

 

“Estou incrivelmente orgulhoso. Há seis anos, eu não me preocupava com o futuro. Agora, eu sei que estou no caminho certo”, diz.

 

Seu próximo grande objetivo? Obter o diploma de bacharel.

 

“Eu não estou onde quero estar ainda. Estou tentando descobrir em que indústria eu quero entrar, mas me sinto confortável sem saber exatamente o que o futuro nos reserva”.

 

Michael percorreu um caminho longo desde seus anos tumultuados como aluno do ensino médio – e ele espera que, compartilhando a sua história, possa ajudar a inspirar a ação de outros alunos: “Sempre que as pessoas me pedem conselhos eu sempre digo a mesma coisa: nunca é tarde para mudar”.

 

Texto originalmente publicado em Pearson Learning News.

Receba nossa News

A Educação é feita da união de conhecimentos. Preencha seu e-mail e receba nossos conteúdos atualizados!

*Não lote sua caixa de e-mail. Nossas newsletters são enviadas quinzenalmente e trazem um resumo dos melhores conteúdos publicados.