Credenciais alternativas criam caminhos diferentes para o emprego

por: Entretanto

Este artigo foi originalmente publicado no The Evolllution e republicado aqui com sua permissão.

Hoje, mais e mais empregadores exigem credenciamento para uma grande variedade de ocupações. No relatório Help Wanted do Georgetown University Center on Education and the Workforce: Projeções da Jobs and Education Requirements Through 2018, afirmam que… “Até 2018, a economia criará 46,8 milhões de vagas, sendo 13,8 milhões de novos empregos e 33 milhões de “empregos de substituição”, posições desocupadas por trabalhadores que se aposentaram ou deixaram suas ocupações permanentemente. Cerca de dois terços desses 46,8 milhões de empregos, ou 63%, exigirá trabalhadores com pelo menos alguma educação universitária“.

A demanda por credenciais e educação de nível superior está claramente aumentando. De modo que as credenciais alternativas proporcionam um acesso ideal para muitos indivíduos obterem, rapidamente, a habilitação necessária para um trabalho efetivo.

O que é uma credencial alternativa? Esta é uma pergunta que me fizeram muitas vezes em meus 20 anos como um profissional de desenvolvimento da força de trabalho. De maneira simples, é uma credencial que não é um diploma universitário. Credenciais alternativas são uma maneira mais rápida para um alguém obter e validar as suas competências frente a um potencial empregador, e, assim, ter maior empregabilidade.

Nos últimos dois anos, um número crescente de credenciais alternativas tem sido representadas por badges digitais, os quais possuem muitas vantagens. Badges digitais fornecem uma forma de validar competências, através do seu modelo e das avaliações, que o aluno deve superar, para se qualificar para o emblema. E porque o emblema lista as competências específicas, assim o empregador pode ver facilmente quais competências o titular da insígnia domina.

Credenciais alternativas possuem muitos nomes diferentes: credenciais empilháveis, formação de curta duração, ou, formação non-credit. Mas, na realidade, as credenciais são quase sem sentido, se um potencial empregador não reconhece a credencial ou as habilidades e competências que a credencial representa. Alguns segmentos são mais propensos a aceitar credenciais alternativas que outros, notadamente negócios, tecnologia da informação, saúde, educação e manufaturas avançadas. Todas estas indústrias têm fortes padrões de certificações e licenciamentos, que fornecem a validação de competências de um indivíduo, normalmente através de exames aplicados.

Como as exigências dos empregadores continuam evoluindo, credenciais alternativas proporcionam um verdadeiro meio de fornecimento de mão de obra, devidamente especializada, para atender as demandas da força de trabalho do futuro, e o ensino superior está se adaptando a esta crescente demanda educacional. Um estudo divulgado pela UPCEA (Associação da Universidade Profissionalizante e Educação Continuada) e a Pearson, encontrou ampla aceitação e utilização de programas de credenciamento alternativos em faculdades e universidades americanas. As grandes descobertas do estudo, Mudanças Demográficas na Demanda Educacional e o Crescimento das Credenciais Alternativas (Demographic Shifts in Educational Demand and the Rise of Alternative Credentials), incluem:

  • Credenciais alternativas são oferecidas por 94% das instituições pesquisadas.
  • Uma em cada 5 instituições oferece atualmente badges digitais.
  • Badges digitais são mais comumente oferecidos nas áreas relacionadas com negócios e TI.
  • As instituições com envolvimento corporativo ativo avaliam constantemente alternativas de credenciamento, mais do que as instituições que não possuem.
  •  Cerca de dois terços dos entrevistados concordaram fortemente, ou de alguma maneira, que a sua instituição vê o credenciamento alternativo como uma estratégia importante para o futuro.
  • O ensino superior está numa posição única para fornecer qualidade e rigor para as credenciais alternativas, aumentando seu valor e a percepção positiva por parte dos empregadores.

Por exemplo, utilizando a plataforma de certificação digital, Acclaim, da Pearson, inúmeras instituições de todo o país estão transformando a vida dos alunos em suas comunidades, oferecendo oportunidades de obterem credenciais alternativas e causando um impacto positivo em economias locais. Aqui estão alguns exemplos:

Harper College em Palatine, Illinois, enfrenta desafios compartilhados por faculdades nos Estados Unidos: criar conexões claras entre cursos e carreiras; proporcionar aos alunos uma forma, transparente e célere, de definir que resultados de aprendizagem escolar preparam os alunos para entrar na força de trabalho; e reforçar a credibilidade dos programas de educação continuada. A Harper lançou o seu programa, com emissão de badges através Acclaim, para uma diversidade de cursos e habilitações, incluindo CPR, administração de redes, técnico farmacêutico e formação Six Sigma Green Belt.

A Anne Arundel Community College em Arnold, Maryland, passou a utilizar badges digitais a fim de atender a uma necessidade urgente da força de trabalho. Com o crescimento de cassinos na região, o colégio da comunidade está oferecendo um número de cursos non-credit, que ensinam as competências necessárias para trabalhar na área. Assim que os estudantes concluem os cursos, como o Carnival Games, Casino Blackjack e Mini Baccarat, eles recebem um badge digital através da Acclaim, indicando sua preparação para fazer um trabalho relevante naqueles jogos nos cassinos locais.

A Capella University, em Minneapolis, é uma das primeiras universidades de quatro anos a oferecer badges digitais através da Acclaim. Designada pela NSA (National Security Agency) e o Departamento de Segurança Interna como Centro Acadêmico Nacional de Excelência em Segurança da Informação/Cyber Defense, a Capella oferece o badge digital NSA Focus Area para estudantes completando seu mestrado em segurança da informação, proteção de redes e especializações em direito digital.

Para resumir, os programas de credenciais alternativas, quando devidamente desenvolvidos e implementados, fornecem uma rota mais rápida do que os programas tradicionais de graduação das faculdades, para adquirir competências e, por fim, o emprego para muitas pessoas. Badges digitais, representando credenciais alternativas, são facilmente compartilhados pelos portadores provendo transparência e possibilidade de verificação pelos empregadores. Os programas de credenciais alternativas de maior sucesso são construídos sob bases educacionais sólidas e rigorosa avaliação, e estão alinhados com as competências exigidas pelos empregadores, além de fornecerem um meio eficaz de validação dessas competências.

Receba nossa News

A Educação é feita da união de conhecimentos. Preencha seu e-mail e receba nossos conteúdos atualizados!

*Não lote sua caixa de e-mail. Nossas newsletters são enviadas quinzenalmente e trazem um resumo dos melhores conteúdos publicados.