Aprendizagem digital com economias reais

por: Entretanto

As lousas contam histórias

As palavras escritas em uma lousa da área comum, de uma das cinco faculdades da rede Alamo Colleges District, ajudam a ilustrar o impacto que milhões de dólares economizados nas compras de livros didáticos pode causar nas vidas dos alunos locais.

“Montamos a lousa durante um evento, para ajudar nossos alunos na compreensão de como eles poderiam se beneficiar deste tipo de programa”, conta Phillip Anaya, coordenador de Recursos Educacionais Abertos e Digitais da rede Alamo Colleges District.

“Escrevemos duas perguntas”, conta Phillip, “‘Quanto você gastou em livros didáticos recentemente?’  e  ‘Se você economizasse esse dinheiro, como poderia usá-lo com outras coisas?'”

Ele se lembra da resposta de uma mulher para a primeira pergunta.

“Ela era mãe e cuidava do filho sozinha, e sabia a quantidade exata que ela havia gasto nos livros”, conta Phillip. “Foi aproximadamente US $364,17”.

Ele diz que pessoas como ela responderam à segunda pergunta listando coisas como: creche, roupas para entrevistas de emprego, fraldas, alimentos, manutenção do carro e férias em família.

“Aquilo realmente me marcou”, ele conta.

Economias reais

 

Os alunos das Faculdades do Álamo vêm de uma variedade de contextos.

Alguns estão cursando o ensino médio e a faculdade ao mesmo tempo. Outros acabaram de sair do ensino médio. Alguns são militares. Outros estão matriculados em programas de desenvolvimento profissional.

Todos eles têm acesso a uma diversidade de recursos do currículo digital, como os 65.000 alunos que os utilizam em cerca de 2.700 cursos.

Até o momento, estes produtos pouparam os alunos de gastos de mais de US $ 3,5 milhões em livros didáticos.

 

+ Leia mais: A oportunidade para uma nova carreira universitária.

 

++ Leia mais: Como pequenos passos fazem grande diferença.

 

Mantendo-se no topo

“A rede Alamo Colleges District foi uma de nossas primeiras parcerias a implementar um modelo de acesso inclusivo e a transformá-lo em uma iniciativa institucional indispensável”, diz Gretchen Otoshi, executiva de Contas para Parceiros da Pearson.

“O programa da rede Alamo Colleges District realmente amadureceu,  e esse amadurecimento tem sido muito focado no aluno e no professor. O fato é que esses professores recomendam o programa uns aos outros, atualmente”, ela diz.

Entre o outono de 2017 e 2018, 100 aulas foram adicionadas no sistema de acesso inclusivo.

“Outras escolas adicionam um punhado de aulas de uma só vez, mas o foco da rede da Alamo Colleges District é torná-lo acessível ao aluno, e as ações que apoiam este foco é o que de fato define seu crescimento em comparação aos outros programas”, diz Gretchen. “O acesso à inclusão não é a única coisa que se tornou extremamente popular no campus, e sim o papel de Phillip, que apoia essa acessibilidade e o valor do aluno fazendo a grande diferença”.

“Queremos ter a certeza que fornecemos o que alunos e professores querem e precisam”, diz Phillip.

E por isso, ele têm visitado salas de aula para ter um feedback real sobre as opções do currículo digital.

 

Mudando a maneira dos alunos aprenderem.

 

“Estamos poupando o dinheiro dos alunos e há um benefício adicional nesse acesso inclusivo”, diz Phillip.

“Os alunos recebem seus materiais no primeiro dia com esses recursos digitais”, diz ele. “Isso é uma grande mudança, se comparado ao tempo em que eles não compravam um livro antes de uma ou duas semanas de aula. Os professores costumavam atrasar suas aulas. Hoje em dia, o primeiro dia de acesso significa que essas aulas podem começar naquele exato momento”.

Phillip diz que cada vez mais alunos estão aproveitando os recursos digitais no novo termo.

“Isso está mudando a maneira dos alunos aprenderem”, diz ele, “e está mudando a maneira dos professores ensinarem”.

 

Texto originalmente publicado em Pearson Learning News.

Receba nossa News

A Educação é feita da união de conhecimentos. Preencha seu e-mail e receba nossos conteúdos atualizados!

*Não lote sua caixa de e-mail. Nossas newsletters são enviadas quinzenalmente e trazem um resumo dos melhores conteúdos publicados.